Filmes que assisti nas férias

 Boa notícia: meu computador voltou do conserto (yay!). Má notícia: basicamente pra maioria das pessoas essa semana as aulas voltaram (pra mim foi segunda, mas isso não vem ao caso). A falta de post é explicada com o fato que eu já tive duas provas essa semana, sabem como é. Enfim, decidi fazer um post sobre todos os filmes que vi nas férias, porque até que foram bastante, já que estava sem computador para baixar. Anyway, vamos começar.

À Prova de Morte 



 Vamos desconsiderar que eu assisti um pouco antes das férias começarem, ok? Ok. Então, mais um filme lindinho do Tarantino (já avisei que AMO Kill Bill, acho) e esse eu morri tanto de amores que assisti mais de uma vez. É um estilo meio girl gang e eu adoro demais isso. Em resumo, é sobre um doido que tem um daqueles carros de dublê que é à prova de morte e ele fica matando pessoas com ele. Mas lógico que tem o jeitinho Tarantino, então é muito legal.

Melancolia 


 Meu primeiríssimo filme do famosinho Lars Von Trier. Sabe aqueles filmes que mudam sua forma de pensar? Melancolia é um desses. Para quem não sabe, melancolia é uma doença parecida com depressão, ok? A história é sobre duas irmãs, Justine, que é uma noiva melancólica, e Claire, que é mãe, mas que é um tanto desesperada. As características das duas vai se fortificando conforme um planeta chamado Melancolia se aproxima e ameça colidir com a Terra. De verdade, a fotografia, o cenário, a música, o roteiro, a filmagem, tudo é perfeito e bem pensado. Vale a pena.

Ives Saint Laurent



 Quem nunca ouviu falar ou pelo menos viu algo da marca Ives Saint Laurent que jogue a primeira pedra. Este filme francês retrata como foi a vida do famoso estilista, que ajudou a continuação da marca Dior com apenas 21 anos. Desde seu desfile de estréia, sua carreira decolou, casou-se com uma modelo, mas logo começa a descobrir outras paixões. É um filme excelente, do mesmo nível que Diabo Veste Prada, quem gosta de moda vai adorar.


Cães de Aluguel



 Porque deixar só um filme do Tarantino na lista seria crime, não é? Mentira, risos. Há muito tempo me falavam para assistir. Juro que achei que ia ser uma coisa meio GTA, os caras planejando roubo, fugindo da polícia, mas não é nada disso. O roubo deu errado e foco do filme é por quê deu errado, a partir daí você conhece um pouco sobre cada um e como tudo começou. Achei muito bom, mas acho que esperava um pouco mais, não sei.

Os Outros



 Para quem gosta de filme de suspense/terror como eu, este é um filme essencial. Com Nicole Kidman como protagonista, eu amei. A história é sobre uma mãe que tem filhos com extrema sensibilidade a luz e está sozinha numa casa enorme, já que o marido foi à guerra e nunca mais voltou. Então ela procura empregados para ajudá-la e três estranhos batem à porta. A partir daí começam a acontecer coisas bem estranhas. Esse entra na lista dos finais surpreendentes e que amei.

O Desprezo



 Outro primeiríssimo filme, mas dessa vez com a Brigitte Bardot. É a história de um roteirista que aceita trabalhar com um diretor que quer fazer um filme sobre Odisseia de Homero, ele é casado com Camille, que arde de ciúmes após o marido não se importar que ela pegue carona com o diretor sozinha. A partir daí o relacionamento dos dois vai acabando e ela passa a cada vez mais desprezá-los. Uma rápida colocação sobre a Brigitte: ela é uma daquelas mulheres Marilyn Monroe, ou seja, são maravilhosas e encantadoras, só dá para amá-las e odiá-las por nos fazer amá-las. O filme é super parado, mas até que gostei, o discurso e a fotografia são ótimos. 

Bonequinha de Luxo



 Sim, eu já tinha assistindo esse filme, mas eu tenho em DVD e tava com saudades. Eu amo demais essa história, quem quiser me dar o livro, por favor. Para quem não está a par, é sobre uma "prostituta" de Nova York chamada Holly Golightly, que não trabalha e vive saindo com homens ricos para ganhar dinheiro. Ela é um tanto confusa e sozinha, não se apaixona por ninguém, só se interessa no dinheiro. O único lugar que realmente se sente bem é a joalheria da Tiffany's. Então um escritor se muda para o apartamento de cima e fica observando a vida que Holly leva e se apaixona por ela. Muito bonitinho, engraçado e até bem reflexivo, todo mundo deveria ver esse filme. No livro ela tem um suposto bissexualismo e o escritor, que Holly chama de Fred por lembrar seu irmão, é gay. Mas como era década de 50, essas coisas não eram permitidas, acredito que se fosse filmado atualmente, teria mais foco na vida deprimente da Holly, não seria tão fofinho assim. Seria bem legal se fosse atual, mas acho que seria um crime fazer uma refilmagem desse filme icônico de Audrey Hepburn, só pela Audrey não deixo refilmarem de jeito nenhum.

O Pequeno Buda



 Não é o filme que mais estranhei ver o Keanu Reeves, é o segundo (o primeiro é Bill and Ted's Excellent Adventure). Quem diria que colocar um branquelo magro para interpretar o famoso Buda acabaria dando certo? Pra começar, o filme é bacana por não vir chegando já contando a história de quem foi o fundador do budismo. Começa com a procura da reencarnação de um monge budista tibetano, então alguns monges localizam uma criança americana como candidata e a história do Buda é contada para ela. É bem bonitinho, água com açúcar e interessante para quem tem alguma curiosidade sobre o Oriente.

 Enfim, é isso. Espero que tenham gostado.

Um comentário:

  1. Bonequinha de luxo é um clássico :3
    os outros eu não conhecia, gostei do primeiro e do segundo.
    Blog Garota Adocicada ♥

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...