Seapunk


 Este estilo é relativamente "novo", porque olha, começou mais ou menos em 2011 na internet, mas aqui as coisas são mais rápidas. Mas quem são esses punks do mar? Onde vivem? O que comem? O que escutam? Continue lendo a postagem para descobrir.



 Pra variar, a moda é gringa, mas já conquistou alguns seguidores aqui no Brasil, mesmo que sejam bem poucos. Os mais famosos são a Lorena Olaf Furter e o Muxfeldt Júnior (conheci ambos, aliás, risos). O estilo utiliza cores bem próximas do azul e do verde, elementos do mar (dã), mas com uma pegada punk (dã²). Os seguidores fiéis dizem que isso chega a ser um estilo de vida, muitas vezes se referindo a crenças não-teísta (como budismo), sempre com o lema "Go Deep Or Go Home", o que quer dizer: ou você vai fundo no estilo (mar) ou volta pra casa, neném.

Muxfeldt Júnior e Lorena Olaf Furter
 Se eu contar que tem gente que confunde Seapunk com Pastel Goth, você acredita? Juro, eles existem! Mas em todo caso, vamos separar os dois. Pastel Goth utiliza cabelos pastel, preto, cruzes e um certo glamour. Seapunk as cores são (em 99% das vezes) azul, verde e seus derivados; elementos marítimos; coisas Internet anos 90; montagens "mal feitas"; spikes; gangsta; ETs; Yin-Yangs; é algo mais "cru".


 Mas existe música Seapunk? Sim e não, isso depende do seu ponto de vista. Para alguns, aquilo que é taxado como "seapunk" não passa de chiptune, ou algo do tipo. Outros dizem que existe sim, pois foi lançado pelos "criadores" do estilo um CD chamado Seapunk. Pessoalmente, eu acho que não existe.

Zombelle e Ultrademon
 E de onde começou? Os produtores e amigos Albert Redwine (Ultrademon) e Shan Beaste (Zombelle) decidiram montar um selo de música, “Coral Records Internazionable“, que é uma mistura eletrônica com elementos de house, tecno, música pop, R&B; e um pouco de hip hop e trip hop.



 Fora as músicas do Ultrademon e da Zombelle, alguns outros artistas foram citados na lista de reprodução dos chamados seapunks. Mesmo Azealia Banks não sendo seguidora do estilo, e seu clipe Atlantis ser considerado algo poser, eles não se importam, desde que você saiba que aquilo não é o Seapunk. 







 Espero que tenham gostado. 

6 comentários:

  1. DESDE QUANDO BUDISMO É NÃO TEÍSTA?????????????? HUEHUEUHEUHUHEUHEHUEHUEUHHUEUHEUHEUHEUHUHEUHEHUEUHEUHEUHEUHEUHHUEUHEHU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Budismo é uma crença que não tem um só deus, ou vários deuses. Não confunda budismo com hinduísmo. Buda não é considerado exatamente um deus no budismo, fazendo assim, uma crença não-teísta, ou seja, sem deuses. E ainda, não é uma religião, é mais como uma crença.

      Sobre budismo: http://sobrebudismo.com.br/o-que-e-o-budismo-2/
      Sobre hinduísmo:http://www.casadobruxo.com.br/religa/hinduismo.htm

      Excluir
  2. Carol, amei o post, amei meeeesmooo, vou sempre ler seu blog, e obrigada pelas informações, não sabia que existia musica para o estilo, (só sabia da Grimes e da Azealia , n do album e tals) amei, sucesso no blog :)

    ResponderExcluir
  3. Amo SeaPunk e Pastel Goth e sinceramente não sabia a diferença dos dois! Ótimo post!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...